Top
Dez dicas para prevenir a hipertensão - Blog da Carol
fade
3498
post-template-default,single,single-post,postid-3498,single-format-standard,eltd-core-1.1.1,flow-ver-1.3.6,,eltd-smooth-page-transitions,ajax,eltd-grid-1480,eltd-blog-installed,page-template-blog-standard,eltd-header-type2,eltd-sticky-header-on-scroll-up,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-default,eltd-light-header,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Dez dicas para prevenir a hipertensão

a

Dez dicas para prevenir a hipertensão

Problema está relacionado com hábitos como álcool, cigarro, sedentarismo e obesidade

 

Monitorar a pressão arterial é uma boa forma de conhecer a nossa saúde e saber se há algum problema para ser investigado. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que 45% dos ataques cardíacos e 51% dos acidentes vasculares cerebrais (AVC) estão conectados com a hipertensão arterial. No Brasil, estima-se que 55% dos atingidos estão acima dos 55 anos, segundo o Ministério da Saúde.

Causas

Segundo a diretora médica do Laboratório Frischmann Aisengart, Myrna Campagnoli, a hipertensão pode ser hereditária. “Há outros fatores que podem influenciar os níveis da pressão arterial. Entre eles estão o consumo de bebidas alcoólicas, fumo, sal, estresse, obesidade, sedentarismo, diabetes e poucas horas de sono. Além destes fatores é possível ressaltar que a incidência da hipertensão aumenta com a idade”, explica.

 

Sintomas

O problema é silencioso e costuma se manifestar no limite para doenças com consequências graves. A hipertensão pode vir acompanhada de dores de cabeça e no peito, tonturas, ouvido com zumbido, visão embaçada e sangramento nasal.

 

10 dicas de prevenção

 Alguns hábitos podem ser adotados como preventivo:

1.    Exercícios físicos como caminhadas ou subir as escadas ao invés de usar o elevador;

2.    Abandonar ou reduzir o consumo de bebidas alcoólicas;

3.    Levar os problemas diários com mais leveza;

4.    Manter o peso em dia;

5.    Adotar uma alimentação equilibrada;

6.    Diminuir o consumo de sal;

7.    Esquecer o cigarro;

8.    Controlar o nível de vitamina D;

9.    Visitar um cardiologista regularmente;

10. Fazer exames regularmente.

Carol
No Comments

Post a Comment