Top
Mais Política: Aécio larga na frente para negociar o apoio de Marina no segundo turno - Blog da Carol
fade
579
post-template-default,single,single-post,postid-579,single-format-standard,eltd-core-1.1.1,flow-ver-1.3.6,,eltd-smooth-page-transitions,ajax,eltd-grid-1480,eltd-blog-installed,page-template-blog-standard,eltd-header-type2,eltd-sticky-header-on-scroll-up,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-default,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Mais Política: Aécio larga na frente para negociar o apoio de Marina no segundo turno

Mais Política: Aécio larga na frente para negociar o apoio de Marina no segundo turno

A campanha de Aécio Neves (PSDB) largou na frente para conquistar o apoio de Marina Silva (PSB) no segundo turno da eleição presidencial. O ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso e outros integrantes da cúpula do PSDB procuraram ontem interlocutores de Marina – algo que também foi feito pela campanha de Dilma Rousseff (PT). No entanto, a candidata do PSB estaria mais inclinada a apoiar Aécio, desde que ele se comprometa a firmar uma aliança com base no programa de Marina, que conquistou 21,32% dos votos válidos. O resultado da negociação deve ser anunciado até a quinta-feira.

Além da aproximação entre os tucanos e Marina, Aécio ganhou ontem um apoio de peso simbólico: da família de Eduardo Campos, ex-governador pernambucano Eduardo Campos (PSB) que morreu durante a campanha e foi substituído por Marina. “O meu voto no segundo turno é em Aécio Neves”, afirmou o advogado Antonio Campos, irmão de Eduardo, e porta-voz da família.

A manifestação de apoio dos familiares de Campos coloca pressão sobre a cúpula do PSB. Nos bastidores, o rumor é de que o presidente nacional da sigla, Roberto Amaral, estaria tentando convencer a legenda (e consequentemente Marina) a apoiar Dilma. A Executiva Nacional do partido se reunirá amanhã, em Brasília, para definir o rumo que vai tomar no segundo turno.

Fonte: Gazeta do Povo

Carol
No Comments

Post a Comment